Conteúdo principal | Últimos 20 posts | Posts por assunto | Bengala Legal

Blog do Bengala Legal.

Rio de Janeiro, sábado, 10 de dezembro de 2016 - 22:14.

 

Conteúdo principal.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012.

GT Acessibilidade web – pesquisa sobre tecnologias assistivas

W3C Brasil. O Grupo de Trabalho de Acessibilidade na Web do W3C Brasil lançou no dia 19 de outubro a primeira pesquisa sobre o uso de tecnologias assistivas.

Nessa primeira amostra será investigada a utilização de ampliadores e leitores de tela por pessoas com deficiência.

O objetivo é investigar o emprego das tecnologias assistivas por pessoas com deficiência e obter um panorama do acesso à web.

O formulário ficará disponível para preenchimento até o dia 21 de janeiro de 2013.
Link para o formulario: http://acessibilidade.w3c.br/pesquisa/Site Externo.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Eventos.
Assuntos:  , , , .
MAQ às 12:32.
Post visitado 13354 vezes, 3 foram hoje.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012.

WCAG 2.0 aprovado como norma internacional ISO/IEC

15 outubro de 2012 – Hoje, o World Wide Web Consortium (W3C) e o Comitê Técnico Conjunto JTC 1 (Tecnologia da Informação) da Organização Internacional de Normalização (ISO) e da Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC), anunciaram a aprovação das Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (Web Content Accessibility Guidelines, WCAG 2.0) como um padrão ISO/IEC International Standard (ISO/IEC 40500:2012).

“Esta importante norma de acessibilidade, que já está amplamente implantada internacionalmente, pode agora se beneficiar do reconhecimento adicional formal de órgãos nacionais ISO/IEC”, observou Jeff Jaffe, CEO do W3C. “Esse reconhecimento é esperado para aumentar internacionalmente a compreensão harmonizada do WCAG 2.0 por governos, empresas e a comunidade Web mais ampla.”

“A ISO/IEC JTC 1 está muito feliz por trazer a bordo o mais importante dos padrões de acessibilidade do W3C, dado o crescente interesse em acessibilidade entre os organismos Nacionais JTC 1 nos últimos anos”, disse Karen Higginbottom, Presidente da ISO / IEC JTC 1. “Esperamos também que o reconhecimento ISO / IEC incentive uma maior convergência em torno da WCAG 2.0, levando adiante o desenvolvimento de ferramentas de apoio e software.”

Harmonização internacional das normas de acessibilidade beneficia todos.
A WCAG 2.0 já foi adotada ou referenciada por muitos governos e organizações. Após a passagem da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência , um número crescente de países tem buscado soluções para resolver seus compromissos firmados para a acessibilidade de tecnologia da informação para as pessoas com deficiência.
“O imprimatur ISO/IEC amplia os caminhos para a adoção de tecnologia e diretrizes W3C”, observou Judy Brewer, diretora da Iniciativa de Acessibilidade na Web do W3C. “Em alguns países, as políticas exigem que as normas técnicas nacionalmente adotadas sejam ISO/IEC. A aprovação formal pelo JTC 1 das WCAG 2.0 vai ampliar a implantação, reduzir a fragmentação e proporcionar a todos os usuários maior interoperabilidade na web.”

A WCAG 2.0 foi submetida pela primeira vez ao processo de norma ISO/IEC JTC 1 para Especificações Publicamente Disponíveis (PAS), em outubro de 2011. O W3C foi aprovado como JTC 1 Submitter PAS desde novembro de 2010 e é uma das nove organizações que estão atualmente aprovadas. Para saber mais sobre o W3C e o processo de Submissão ISO/IEC JTC1 PAS, consulte o W3C PAS FAQ e o website do JTC.

WCAG 2.0 é um padrão estável, com amplos recursos de apoio.
Como uma norma ISO/IEC JTC 1, o WCAG 2.0 está agora disponível a partir do ISO/IEC, enquanto continuar a ser um padrão W3C internacional estável W3C com amplos recursos de apoio. O reconhecimento JTC 1 não muda nem substitui o padrão existente, que se mantém disponível gratuitamente no site do W3C, juntamente com várias traduções autorizadas do WCAG 2.0.

O W3C fornece uma série de recursos de apoio para os gestores, desenvolvedores e decisores políticos, além do padrão WCAG 2.0, incluindo uma visão geral do WCAG 2.0, WCAG 2.0 em resumo, Como cumprir as WCAG 2.0: Um referência personalizável rápida, Técnicas para as WCAG 2.0 e Compreendendo as WCAG 2.0.

Sobre o World Wide Web Consortium.
O World Wide Web Consortium (W3C) é um consórcio internacional em que organizações filiadas, uma equipe em tempo integral e a comunidade trabalham juntos para desenvolver padrões web. O W3C cumpre sua missão através da criação de padrões Web e diretrizes para garantir crescimento de longo prazo para a web. Mais de 375 organizações são membros do Consórcio. O W3C é dirigido conjuntamente pelo MIT Computer Science and Artificial Intelligence Laboratory (MIT CSAIL) nos EUA, o European Research Consortium for Informatics and Mathematics (ERCIM), sediado na França e na Universidade de Keio, no Japão, e outros escritórios em todo o mundo. Para mais informações, consulte http://www.w3.org/Site Externo..

Sobre a Web Accessibility Initiative.
A Iniciativa de Acessibilidade do W3C (WAI) trabalha com organizações ao redor do mundo para tornar a web mais acessível para pessoas com deficiência e idosos. A WAI persegue a acessibilidade da Web, garantindo que as tecnologias Web suportem acessibilidade; diretrizes de desenvolvimento para o conteúdo da Web, navegadores, media players e ferramentas de autoria, desenvolvimento de recursos para apoiar e melhorar as ferramentas de avaliação; desenvolvimento de recursos para a educação e sensibilização e esforços em coordenação com pesquisa e desenvolvimento que podem afetar o futuro da acessibilidade na web. A WAI é apoiada em parte pelo Departamento Nacional de Educação do Instituto de Pesquisa em Deficiência e Reabilitação dos Estados Unidos (NIDRR), o Programa da Comissão Europeia de Tecnologias da Sociedade da Informação, HP e IBM. Para mais informações, consulte http://www.w3.org/WAI/Site Externo.

Sobre o JTC 1.
O comitê técnico conjunto da Organização Internacional de Normalização (ISO) e da Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC), ISO/IEC JTC 1 (Tecnologia da Informação) é o lugar onde os blocos básicos de construção de novas tecnologias são definidos e onde as fundações de importantes infra-estruturas de TIC são colocadas. Com mais de 2.400 normas e documentos correlatos desenvolvidos por mais de 2.000 corpos nacionais de especialistas de todo o mundo, a ISO / IEC JTC 1 traz soluções inovadoras e melhores práticas para o mercado.

Sobre ISO.
A ISO é o maior desenvolvedor e editor do mundo de Normas Internacionais. ISO é uma rede de institutos de normas nacionais de 164 países, em julho de 2012. Mais de 100 membros da ISO são de países em desenvolvimento. A ISO tem mais de 18.600 normas internacionais em sua carteira. A ISO tem faixas de trabalho do programa de normas para atividades tradicionais, como a agricultura e construção civil, por meio de engenharia mecânica, de produção e de distribuição, para o transporte, dispositivos médicos, meio ambiente, segurança, tecnologias de informação e comunicação, bem como as normas de boas práticas e de serviços.

Sobre o IEC.
A IEC (International Electrotechnical Commission) é a organização líder mundial que prepara e publica padrões internacionais para todas as tecnologias elétricas, eletrônicas e afins – conhecidos popularmente como “Eletrotécnica”. Normas IEC internacionais cobrem uma vasta gama de tecnologias de geração, transmissão e distribuição de eletrodomésticos e equipamentos de escritório, semicondutores, fibra ótica, baterias, nanotecnologias, energia solar e marinha conversores de energia, para mencionar apenas alguns. Onde quer que você encontre eletricidade e eletrônica, você vai encontrar a segurança, apoio e desempenho do IEC, o ambiente, a eficiência de energia elétrica e energias renováveis. O IEC também gerencia sistemas de avaliação de conformidade que certificam que equipamentos, sistemas ou componentes estão em conformidade com as normas internacionais. www.iec.chSite Externo.


Fonte: http://www.w3c.br/Noticias/WebContentAccessibilityGuidelineswcag20AprovadoComoNormaInternacionalIsoiecSite Externo..

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , , .
MAQ às 12:07.
Post visitado 16248 vezes, 5 foram hoje.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012.

Criado tipo de letra que evita a dislexia na Internet

OpenDyslexic é o nome de um tipo de letra que facilita os internautas com dislexia a ler textos publicados na Internet. O novo tipo de letra vai ser distribuído gratuitamente.

O novo tipo de letra foi desenvolvido por Abelardo Gonzalez, com o objetivo de criar um mecanismo gráfico que ajude quem tem problemas de dislexia a ler corretamente.
A solução passou por dar relevo e largura à base de cada letra, para evitar confusões com outras letras que tenham grafismo similar.

O OpenDyslexic pode ser usado livremente e sem custos em qualquer aplicação, página da Net ou sistema.

De acordo com a BBC, apps como o Instapaper já começaram a incluir uma ferramenta que converte textos para OpenSyslexic. O conceito não é propriamente novo: no passado, por mais de uma vez, houve quem desenvolvesse tipos de letras anti-dislexia. Só que todos eles tinham custos –e o OpenDyslexic é grátisSite Externo., e está receptivo à inclusão de sugestões e críticas dos internautas.

Imagem de um texto com as letras Open-Dyslexic: A base das letras são mais grossas.


Fonte: http://exameinformatica.sapo.ptSite Externo..

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , , , .
MAQ às 11:39.
Post visitado 19029 vezes, 7 foram hoje.
« Posts mais novosPróximos Posts »

Últimos 20 posts publicados.

Saltar resumo e ir para "ESCOLHA POR ASSUNTO".

Projeto “Emoti Sounds” é plug-in que permite que deficientes visuais tenham uma experiência emotiva na leitura dos emoticons O Festival Internacional de Criatividade de Cannes divulga o seu primeiro shortlist. O projeto “Emoti Sounds”, da Artplan para Tim Live, é o único brasileiro entre os 39 selecionados pelo júri de Innovation Lions e concorre na […]

 

Descrição da imagem: Cena do documentário “Boa Noite, Solidão”: Geneton Moraes Neto entrevista o sertanejo Ginaldo José da Silva. O documentário será transmitido pela GloboNews neste sábado. O documentário “Boa noite, Solidão” será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05 e será o primeiro programa da emissora a contar com o recurso da […]

 

Tecnologia está sendo desenvolvida em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Elisabete Barbosa é uma das primeiras pessoas a fazer uso do Via Voz (Foto: Globo). Imagine um GPS dentro de uma biblioteca. Em vez de ruas, ele mostra os caminhos entre as prateleiras. Parece coisa do futuro, mas essa tecnologia já existe e serve […]

 

Há mais de 20 anos que a fundação beneficente “Livros Ilustrados para Crianças Cegas” publica e oferece livros com páginas musicais a crianças com deficiência visual. Entre as obras estão contos tradicionais russos e estrangeiros. Foto: Fundação de beneficência “Livros Ilustrados para Crianças Cegas Pequenas”. “Os nossos livros ajudam a criar situações em que uma […]

 

O tradutor Libras em Software Livre (VLibras) versão mobile já está disponível para ser baixado e vai ampliar o acesso das pessoas com deficiência auditiva aos meios digitais. O conjunto de aplicativos faz a tradução de conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais. Os softwares desenvolvidos pelo Ministério do […]

 

A área de negócios sociais Soluções em Acessibilidade, da Fundação Dorina Nowill para Cegos, lança com exclusividade o aplicativo AudiFoto. A novidade é mais uma tecnologia direcionada às empresas que desejam participar da inclusão de pessoas com deficiência em museus, exposições e locais em que as imagens são peças fundamentais para a experiência dos visitantes. […]

 

Em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil Desde 2003, o Assim Vivemos tem sua programação totalmente acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva. Audiodescrição e legendas em português (LSE) em todas as sessões, catálogo em Braille e Interpretação em LIBRAS nos debates. No CCBB, todos os ambientes têm acesso para pessoas com […]

 

“Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência” chega a sua 7ª edição em 2015 no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (de 5 a 17 de agosto), de São Paulo (23 de setembro a 5 de outubro) e de Brasília (de 2 a 14 de março de 2016), trazendo 33 […]

 

Neste sábado, 01 de agosto, estreia mais uma peça da Oficina dos Menestréis. O trabalho deles é maravilhoso e super alto astral. Recomendo. O elenco é inclusivo: Atores e atrizes com e sem deficiência. Com audiodescrição no dia 09 e Libras no dia 16. Sobre a peça: Aldeia dos Ventos é um musical de Oswaldo […]

 

Para grande parte da população a tecnologia facilita. Para pessoas com deficiência visual a tecnologia possibilita. O projeto F123 é um software inovador, de baixo custo e alta eficiência, que possibilita o acesso à educação e à informação, favorecendo oportunidades de trabalho e a utilização de tecnologias por pessoas com deficiência visual. O F123 permite […]

 

A Fundação Dorina Nowill para Cegos tem uma nova versão para o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa em formato digital acessível Daisy – Digital Accessible Information System. O Instituto Helena Florisbal foi o parceiro para a viabilização deste projeto, que conta com a produção e disponibilização de cinco mil dicionários em português com as novas […]

 

Dança no MIS e Unlimited apresentam: MARC BREW, bailarino e coreógrafo da Escócia, na performance REMEMBER WHEN e uma residência (processo criativo aberto ao público) junto à bailarina brasileira Gisele Calazans. As atividades fazem parte do programa mensal: Dança no MIS, com curadoria de Natalia Mallo, que convida coreógrafos a escolher uma área do Museu […]

 

A ANCINE colocou em Consulta Pública, até o dia 08 de julho, Notícia Regulatória e Relatório de Análise de Impacto – AIR que discutem a implementação de ações para regulamentar a promoção da acessibilidade em salas de cinema, com disponibilização de recursos de legendagem descritiva, LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais e audiodescrição que possibilitem […]

 

Está chegando ao fim o curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD). Em iniciativa inédita, foi possível viabilizar o primeiro curso sobre esta temática a nível de especialização no Brasil, com o principal […]

 

MARIA LUÍSA BARSANELLI. De SÃO PAULO. Em um cantinho ao lado do palco, Rafaella Sessenta, 32, alonga braços e pernas. Posiciona-se frente a uma câmera e aguarda a largada: o início de um show em tributo a Michael Jackson, realizado no domingo (31/5) em São Paulo. Rafaella é tradutora de libras (Língua Brasileira de Sinais) […]

 

O curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), abrirá uma segunda turma ainda este ano. Estão previstas 100 vagas a partir do segundo semestre. O curso tem o objetivo de capacitar profissionais para promover a […]

 

A AFB (American Foundation for the Blind, ou Fundação Americana para Cegos) anunciou nesta semana os nomes dos quatro homenageados que receberão o prestigioso prêmio Helen Keller na noite do dia 18 de junho, em Nova York (Estados Unidos). Estamos homenageando as realizações de indivíduos e empresas pelo sucesso na melhoria da qualidade de vida […]

 

Estão abertas as inscrições para o 7º Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência. Ficha de inscrição e regulamento, acesse: www.assimvivemos.com.br Em 2015, o Festival Assim Vivemos chega à sua 7ª edição. É com enorme alegria que iniciamos mais uma busca pelos melhores filmes produzidos no mundo sobre o tema da pessoa com […]

 

A diretora da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do TRT5 (Setic), Cláudia Jorge, participou da primeira reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade do sistema Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) em 2015, na última terça-feira (14/4). A comissão tem como objetivo principal propor medidas para facilitar o acesso de pessoas com […]

 

É hora de deixar de observar apenas a obrigação legal da contratação de pessoas com deficiência física e analisar os ganhos econômicos e sociais da inclusão Silvia Torikachvili. Observando os exemplos mencionados ao longo da reportagem, percebe-se que, quando as empresas decidirem contratar talentos em lugar de deficiências, elas entrarão para o melhor dos mundos. […]

 

 

 

Os posts mais visitados hoje.

  1. O que é Inclusão Escolar? (92 visitas)
  2. Dúvidas sobre a aposentadoria especial para pessoa com deficiência (55 visitas)
  3. Cannes: case de Artplan e Tim é único finalista do Brasil em Innovation (41 visitas)
  4. GLOBONEWS LARGA NA FRENTE E ESTREIA AUDIODESCRIÇÃO (39 visitas)
  5. Aplicativo serve como guia auditivo para pessoas com deficiência visual (37 visitas)
  6. Isenção de pedágio da Linha Amarela para idosos e pessoas com deficiência. (25 visitas)
  7. Oficina “De Olho no Braille” e Workshop de Livro Acessível/audiodescrição. (24 visitas)
  8. Pós-graduação em audiodescrição na UFJF (24 visitas)
  9. Marta Gil (23 visitas)
  10. Tecnologia para ouvir (23 visitas)
Bengala Legal.

eXTReMe Tracker