Conteúdo principal | Últimos 20 posts | Posts por assunto | Bengala Legal

Blog do Bengala Legal.

Rio de Janeiro, sábado, 01 de outubro de 2016 - 05:08.

 

Conteúdo principal.

sexta-feira, 8 de maio de 2009.

Festival Assim Vivemos 2009 – Inscrições Abertas!

Queremos conhecer todas as novas produções! Filmes de ficção com atores com deficiência, documentários ou animações sobre pessoas com deficiência; novos personagens, idéias, abordagens, propostas e estéticas…

Leia o Regulamento, preencha a Ficha de Inscrição e envie seu filme!

www.assimvivemos.com.br
Datas:
Inscrição on-line no site: até dia 11 de maio.
Recebimento do material de seleção: até 22 de maio.

Estamos emocionados com a repercussão do Programa Assim Vivemos na TV BRASIL, que ficará em cartaz de março até agosto, sempre aos domingos, às 18h30.

Em 2009, o Festival Assim Vivemos chega à sua quarta edição, com uma grande novidade: realizaremos o festival também em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil, nosso patrocinador e fiel parceiro. Outras cidades podem ainda receber o festival este ano, estamos trabalhando para isso!

A Produção.

Lavoro Produções Artísticas
Rua Bartolomeu Portela 50/106 – Botafogo – Rio de Janeiro – Brasil.
CEP: 22290-190
Tel./Fax: 21 2235 5255
Tel: 21 2235 5440.
E-mail:
festival2009@assimvivemos.com.br
Site:
www.assimvivemos.com.br

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , , , , , , , , .
MAQ às 1:39.
Post visitado 15139 vezes, 1 foram hoje.

quarta-feira, 15 de abril de 2009.

Exposição acessível à pessoas com deficiência visual em Itajubá.

Itajubá – Sábado, 4 de abril de 2009.
O SUL DE MINAS.

Exposição abre as “portas” do mundo artístico à pessoas com deficiência visual no Espaço Cultural João Baptista Brito.

Sala da exposição

Com inovação e criatividade, a artista Nadja Costa de Souza traz na exposição “Sensorial” trabalhos que estimulam os sentidos dos visitantes, possibilitando às pessoas com deficiência visual o acesso ao mundo das artes pela percepção tátil, olfativa e auditiva.

A mostra está no Espaço Cultural João Baptista Brito e vai até o dia 1º de maio.

A artista montou uma estrutura especial para atender o objetivo do trabalho exposto que é dar acessibilidade aos cegos no mundo das artes, usou da criatividade nos quadros de flores, árvores, paisagens e da instalação com peças.

O Espaço Cultural está repleto desta inovação, com textos simultâneos em braile e em tinta para pessoas com baixa visão, audiodescrição e texturas diferenciadas; marcações táteis que poderão ser sentidas com os pés, para permitir a fácil localização de cada obra pelas pessoas com deficiência visual; trabalhos aromatizados e um deles com som. “A exposição foi organizada, pensando numa visitação com autonomia pelas pessoas com deficiência visual”, expressou Nadja.

As instalações e telas da exposição foram elaboradas com material reciclado, com o objetivo de despertar no visitante uma nova perspectiva sobre a questão ecológica.

Para o deficiente Luiz Donizete Pereira da Silva, a exposição proporciona uma sensação maravilhosa. “A artista foi muito feliz em realizar a mostra, são trabalhos magníficos que merecem destaque e que proporciona a nós um contato com o mundo da arte, sinto os detalhes em cada obra”, ressaltou.

O Espaço Cultural João Baptista Brito fica à praça Dr. Theodomiro Santiago, 104 – bairro Centro, aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h30. Mais informações pelo telefone: 36 92 – 18 08.

 

Nadja Costa de Souza.

A artista nasceu em Carlos Chagas no norte de Minas e reside em Itajubá desde 1980. Iniciou a trajetória artística com a professora Ruth de Souza Nilo e hoje, tem como orientadora Marisa Coli Mouhallem que participou do planejamento, elaboração e execução da exposição “Sensorial”. Trabalha no Centro de Apoio e Integração dos Deficientes de Itajubá – CAIDI, como Assistente Social. “Convivo com deficientes visuais. Tornei-me admiradora deles, por perceber que são, no geral, pessoas determinadas, corajosas e felizes, o que permite que elas criem uma nova visão desta deficiência”, disse.

Nadja contou que no CAIDI teve maior contato com a deficiente visual Salete e fez uma homenagem a ela, em uma das suas obras, o quadro “Sítio Mufumbo”. “Através da memória de Salete pude reconstruir parte de sua história na casa do avô na zona rural em João Pessoa, ainda quando crianças, antes de perder a visão”, relatou.

A artista já participou de varias exposições locais: Salão Padre Mário Pennoch, Clube Itajubense, Prefeitura Municipal, Banco do Brasil, Artes e Antiguidades de Itajubá, e em outros municípios: Três Pontas – MG, Vinhedo – MG e Ribeirão Preto – SP.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Eventos.
Assuntos:  , , , .
MAQ às 12:55.
Post visitado 17332 vezes, 1 foram hoje.

terça-feira, 7 de abril de 2009.

Exposição Acessível Tesouros do Louvre: Retratos esculpidos por Houdon.

No âmbito das comemorações do ano da França no Brasil, a exposição “Tesouros do Louvre: Retratos esculpidos por Houdon”, composta de vinte esculturas de grande sensibilidade e beleza pertencentes ao acervo do Museu do Louvre, proporcionará ao público brasileiro a oportunidade de conhecer no Museu Histórico Nacional, de 29 de abril a 5 de julho de 2009, a vida e a obra do artista francês Jean Antoine Houdon (17 41 – 18 28) e o mundo de sua época.

Além de esculturas de personagens históricos, entre os quais os franceses Mirabeau, Condorcet, Rousseau, Voltaire e Diderot e os americanos Benjamin Franklin (com quem o artista viajou da França para os Estados Unidos) e George Washington, serão expostas, ainda, a obra prima em mármore “Morphée” e esculturas retratando a família do artista. Numa tela de aproximadamente quinze metros, serão projetadas imagens que abordarão o contexto histórico da França no período em que Houdon criou suas obras, seus principais e mais importantes personagens, bem como a realidade brasileira de então. Uma instalação em tamanho real, produzida a partir da imagem do quadro “L´Atelier de Houdon”, de Louis-Leopold Boilly, reconstituirá o ambiente no qual o artista elaborava suas obras.

A oferta de acessibilidade para pessoas com deficiência visual da exposição consiste em disponibilizar ao público réplicas das esculturas de Houdon que poderão ser tocadas, legendas em braile de todas as obras expostas, catálogos com texto e planta da exposição em braile e caracteres grandes, textos da exposição em computador com sintetizador de voz e educadores especialmente treinados para proporcionar visitas educativas e descritivas. A ação educativa da exposição também terá a disposição de todos os visitantes materiais educativos sensoriais sobre a criação do artista e terminais digitais interativos.

A produção dos materiais em braile é da Fundação Dorina Nowill para Cegos e a assessoria e treinamento dos profissionais para acessibilidade na exposição é da Museus Acessíveis.

Local: Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, sem/número. Próximo à Praça XV.
Site: www.museuhistoriconacional.com.br.Site Externo.
Email:mhn02@visualnet.com.br
Telefone: (21) 25 50 – 92 20.

Aberto ao público de terça a sexta feira, das 10h às 17h30 e aos sábados, domingos e feriados (exceto Natal, Ano Novo, Carnaval e dias de eleições), das 14h às 18h. Não abrimos ao público nas segundas feiras, mesmo que seja feriado.

Ingresso para exposições do Museu Histórico Nacional: R$6,00 (seis reais).
Estão isentos de pagamento (mediante comprovação): crianças até cinco anos de idade; sócios do ICOM – International Council of Museum; funcionários do IPHAN; alunos e professores das escolas públicas federais, estaduais e municipais; brasileiros maiores de 65 anos; guias de turismo e estudantes de museologia. Alunos agendados da rede particular de ensino e brasileiros maiores de 60 anos e menores de 65 anos pagam a metade do valor.
Aos domingos a entrada é franca.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Eventos.
Assuntos:  , , , , , , .
MAQ às 10:57.
Post visitado 14177 vezes, 1 foram hoje.
« Posts mais novosPróximos Posts »

Últimos 20 posts publicados.

Saltar resumo e ir para "ESCOLHA POR ASSUNTO".

Projeto “Emoti Sounds” é plug-in que permite que deficientes visuais tenham uma experiência emotiva na leitura dos emoticons O Festival Internacional de Criatividade de Cannes divulga o seu primeiro shortlist. O projeto “Emoti Sounds”, da Artplan para Tim Live, é o único brasileiro entre os 39 selecionados pelo júri de Innovation Lions e concorre na […]

 

Descrição da imagem: Cena do documentário “Boa Noite, Solidão”: Geneton Moraes Neto entrevista o sertanejo Ginaldo José da Silva. O documentário será transmitido pela GloboNews neste sábado. O documentário “Boa noite, Solidão” será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05 e será o primeiro programa da emissora a contar com o recurso da […]

 

Tecnologia está sendo desenvolvida em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Elisabete Barbosa é uma das primeiras pessoas a fazer uso do Via Voz (Foto: Globo). Imagine um GPS dentro de uma biblioteca. Em vez de ruas, ele mostra os caminhos entre as prateleiras. Parece coisa do futuro, mas essa tecnologia já existe e serve […]

 

Há mais de 20 anos que a fundação beneficente “Livros Ilustrados para Crianças Cegas” publica e oferece livros com páginas musicais a crianças com deficiência visual. Entre as obras estão contos tradicionais russos e estrangeiros. Foto: Fundação de beneficência “Livros Ilustrados para Crianças Cegas Pequenas”. “Os nossos livros ajudam a criar situações em que uma […]

 

O tradutor Libras em Software Livre (VLibras) versão mobile já está disponível para ser baixado e vai ampliar o acesso das pessoas com deficiência auditiva aos meios digitais. O conjunto de aplicativos faz a tradução de conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais. Os softwares desenvolvidos pelo Ministério do […]

 

A área de negócios sociais Soluções em Acessibilidade, da Fundação Dorina Nowill para Cegos, lança com exclusividade o aplicativo AudiFoto. A novidade é mais uma tecnologia direcionada às empresas que desejam participar da inclusão de pessoas com deficiência em museus, exposições e locais em que as imagens são peças fundamentais para a experiência dos visitantes. […]

 

Em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil Desde 2003, o Assim Vivemos tem sua programação totalmente acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva. Audiodescrição e legendas em português (LSE) em todas as sessões, catálogo em Braille e Interpretação em LIBRAS nos debates. No CCBB, todos os ambientes têm acesso para pessoas com […]

 

“Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência” chega a sua 7ª edição em 2015 no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (de 5 a 17 de agosto), de São Paulo (23 de setembro a 5 de outubro) e de Brasília (de 2 a 14 de março de 2016), trazendo 33 […]

 

Neste sábado, 01 de agosto, estreia mais uma peça da Oficina dos Menestréis. O trabalho deles é maravilhoso e super alto astral. Recomendo. O elenco é inclusivo: Atores e atrizes com e sem deficiência. Com audiodescrição no dia 09 e Libras no dia 16. Sobre a peça: Aldeia dos Ventos é um musical de Oswaldo […]

 

Para grande parte da população a tecnologia facilita. Para pessoas com deficiência visual a tecnologia possibilita. O projeto F123 é um software inovador, de baixo custo e alta eficiência, que possibilita o acesso à educação e à informação, favorecendo oportunidades de trabalho e a utilização de tecnologias por pessoas com deficiência visual. O F123 permite […]

 

A Fundação Dorina Nowill para Cegos tem uma nova versão para o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa em formato digital acessível Daisy – Digital Accessible Information System. O Instituto Helena Florisbal foi o parceiro para a viabilização deste projeto, que conta com a produção e disponibilização de cinco mil dicionários em português com as novas […]

 

Dança no MIS e Unlimited apresentam: MARC BREW, bailarino e coreógrafo da Escócia, na performance REMEMBER WHEN e uma residência (processo criativo aberto ao público) junto à bailarina brasileira Gisele Calazans. As atividades fazem parte do programa mensal: Dança no MIS, com curadoria de Natalia Mallo, que convida coreógrafos a escolher uma área do Museu […]

 

A ANCINE colocou em Consulta Pública, até o dia 08 de julho, Notícia Regulatória e Relatório de Análise de Impacto – AIR que discutem a implementação de ações para regulamentar a promoção da acessibilidade em salas de cinema, com disponibilização de recursos de legendagem descritiva, LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais e audiodescrição que possibilitem […]

 

Está chegando ao fim o curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD). Em iniciativa inédita, foi possível viabilizar o primeiro curso sobre esta temática a nível de especialização no Brasil, com o principal […]

 

MARIA LUÍSA BARSANELLI. De SÃO PAULO. Em um cantinho ao lado do palco, Rafaella Sessenta, 32, alonga braços e pernas. Posiciona-se frente a uma câmera e aguarda a largada: o início de um show em tributo a Michael Jackson, realizado no domingo (31/5) em São Paulo. Rafaella é tradutora de libras (Língua Brasileira de Sinais) […]

 

O curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), abrirá uma segunda turma ainda este ano. Estão previstas 100 vagas a partir do segundo semestre. O curso tem o objetivo de capacitar profissionais para promover a […]

 

A AFB (American Foundation for the Blind, ou Fundação Americana para Cegos) anunciou nesta semana os nomes dos quatro homenageados que receberão o prestigioso prêmio Helen Keller na noite do dia 18 de junho, em Nova York (Estados Unidos). Estamos homenageando as realizações de indivíduos e empresas pelo sucesso na melhoria da qualidade de vida […]

 

Estão abertas as inscrições para o 7º Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência. Ficha de inscrição e regulamento, acesse: www.assimvivemos.com.br Em 2015, o Festival Assim Vivemos chega à sua 7ª edição. É com enorme alegria que iniciamos mais uma busca pelos melhores filmes produzidos no mundo sobre o tema da pessoa com […]

 

A diretora da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do TRT5 (Setic), Cláudia Jorge, participou da primeira reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade do sistema Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) em 2015, na última terça-feira (14/4). A comissão tem como objetivo principal propor medidas para facilitar o acesso de pessoas com […]

 

É hora de deixar de observar apenas a obrigação legal da contratação de pessoas com deficiência física e analisar os ganhos econômicos e sociais da inclusão Silvia Torikachvili. Observando os exemplos mencionados ao longo da reportagem, percebe-se que, quando as empresas decidirem contratar talentos em lugar de deficiências, elas entrarão para o melhor dos mundos. […]

 

 

 

Os posts mais visitados hoje.

  1. O que é Inclusão Escolar? (12 visitas)
  2. Cannes: case de Artplan e Tim é único finalista do Brasil em Innovation (7 visitas)
  3. GLOBONEWS LARGA NA FRENTE E ESTREIA AUDIODESCRIÇÃO (7 visitas)
  4. Aplicativo serve como guia auditivo para pessoas com deficiência visual (7 visitas)
  5. Projeto F123 (7 visitas)
  6. Marta Gil (6 visitas)
  7. Ministério da Cultura e Petrobras apresentam: Acessibilidade no Teatro Carlos Gomes. (6 visitas)
  8. Deficiente visual tem isenção de ICMS na aquisição de veículo zero quilômetro. (6 visitas)
  9. Astronomia ao alcance das mãos de pessoas com deficiência visual no Planetário (5 visitas)
  10. Isenção de pedágio da Linha Amarela para idosos e pessoas com deficiência. (5 visitas)
Bengala Legal.

eXTReMe Tracker