Conteúdo principal | Últimos 20 posts | Posts por assunto | Bengala Legal

Blog do Bengala Legal.

Rio de Janeiro, terça-feira, 26 de setembro de 2017 - 16:05.

 

Conteúdo principal.

quarta-feira, 6 de julho de 2011.

Aniversário da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência.

Claudia Grabois.

No dia 9 de julho estaremos comemorando o aniversário de 3 anos da ratificação da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, fruto de incansável trabalho de pessoas que tiveram a coragem de dizer não ao modelo assistencialista e dizer sim aos Direitos Humanos e ao exercício da cidadania plena.

A vida independente e a autonomia, o exercício da cidadania plena e a legitimação e valorização das diferenças se fortaleceram com o tratado e passaram a ser os objetivos a serem alcançados. Por se tratar dos direitos humanos os 33 artigos de conteúdo da Convenção (CDPD) são indivisíveis e os 17 do protocolo facultativo são imprescindíveis para sua eficácia. Compreender a Convenção como instrumento para a eliminação da discriminação, tratado que foi ratificado com quorum que garantiu o status de norma Constitucional, é mais um grande passo para a garantia dos direitos humanos.

O preconceito e a discriminação são atos de violência que condenam a invisibilidade, não permitem a convivência, ferem e matam. Estas ações que também resultam em exclusão educacional, mesmo com avanços, ainda hoje afastam milhares de crianças e adolescentes dos estabelecimentos de ensino e da possibilidade de viver e crescer em sociedade, sendo reconhecidos e legitimados.

A defesa da vida nos coloca frente a essa responsabilidade, e reconhecendo que somos todos iguais e também diferentes pela nossa própria existência, não podemos deixar de manifestar a nossa posição a favor de um direito adquirido, mas nem sempre respeitado. Sim, a educação acontece nas escolas comuns. Sim, as pessoas com deficiência têm esse direito, que é dever do Estado, da família e da sociedade. Sim, se defendemos a vida queremos todos os recursos para as crianças e adolescentes e que todos e todas assumam a sua responsabilidade e trabalhem pelo bem comum, pela defesa da vida e dos direitos inerentes.

O movimento mundial que incluiu pessoas com deficiência no sistema de ensino cresceu e o Brasil avançou com ele, mas queremos que avance muito mais, com todas as crianças e adolescentes em classes comuns e com os seus pares com e sem deficiência, lado a lado. Sabemos que é possível, que deve ser feito e só pedimos o que está na legislação brasileira e com todo respeito à hierarquia legal.

Somos pela legalidade, pela vida, pelo direito de aprender, pela construção da cultura de paz, e da educação inclusiva como condição fundamental para a eliminação da discriminação; a resposta é inclusão.

Inclusão já!
Claudia Grabois.

Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

sexta-feira, 24 de junho de 2011.

Gisele e nossos livros acessíveis.

Nossa escritora é legal!

Gisele é jornalista e uma Guerreira da Inclusão: foi uma das primeiras a publicar livros em formatos acessíveis (braile e mp3), além do tradicional. O personagem principal é o Toby, um cãozinho travesso e com consciência ecológica.

Ela não parou por aí: além de escrever três livros (por enquanto), conseguiu que a Livraria CulturaSite Externo. os vendesse! Foi a primeira vez que isso aconteceu e que é o que queremos: poder comprar livros em audio ou em braile em livrarias comuns.

É importante lembrar que a Livraria Cultura é uma das maiores e que está presente em várias cidades – o que mostra a persistência e a competência da Gisele.

Ela divulgou os livros em muitas escolas regulares, em gostosos bate papos com as crianças, que puderam ouvir sobre inclusão.

É ou não uma guerreira?

Parabéns, Gisele! Muitos anos de Vida, com Amor, Saúde e Paz!

Marta Gil.


Obs.: o detalhe de tudo isso é que Gisele não tinha deficiência alguma quando começou a escrever historinhas inclusivas para crianças. Através de um acidente em casa ficou tetra e está em situação de recuperação, inclusive financeira. Comprar um livro de Gisele é igual a se fazer inclusão na prática, de Gisele e de crianças.

Abraços inclusivos do MAQ.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Pessoas com Deficiência.
Assuntos:  , , , , , .
MAQ às 23:04.
Post visitado 20246 vezes, 6 foram hoje.

quarta-feira, 15 de junho de 2011.

Aniversário de 10 anos da Escola de Todos.

O musical rock para crianças e jovens “UM AMIGO DIFERENTE?”, com texto e direção de Marcos Nauer, estréia no próximo dia 18 de junho no Oi Futuro. A peça é uma adaptação do livro homônimo de Claudia Werneck. A supervisão dramatúrgica é de Bosco Brasil. No elenco estão Bruno Trento, Fábio Nunes, Katya Alessi, Letícia Medella, Louise Marrie, Mariana Rebello, Pablo Ascoli e Victor Albuquerque. O espetáculo abre as celebrações pelos dez anos da Escola de Gente – Comunicação em Inclusão e lança a campanha “Teatro Acessível: arte, prazer e direitos.” O musical, que tem trilha sonora de Maria Gadú, direção musical de Isadora Medella (com participação de Tatá Werneck, Marcos Nauer, Fábio Nunes e Moira Braga) e direçao de movimento de Duda Maia, pretende sensibilizar crianças e adolescentes para perceber que as diferenças estão em todas as pessoas, e compará-las é uma perda de tempo. Melhor é aproveitá-las. E divertir-se com elas.

Estreia: dia 18 de junho (sábado), às 11h30 LOCAL: Teatro Oi Futuro Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo Tel: 21 3131.3060 (próximo ao metrô Largo do Machado / é acessível a pessoas com deficiência / não tem estacionamento próprio).
Horários: sábados e domingos, às 11h30.
Entrada franca (distribuição de senhas 30 min. antes do espetáculo).
Duração: 70 minutos.
Capacidade: 84 espectadores.
Classificação etária: livre.
Temporada: até 31 de julho.

“UM AMIGO DIFERENTE?” é o mais novo trabalho de Os Inclusos e os Sisos – Teatro de Mobilização pela Diversidade, grupo que foi indicado ao Prêmio Faz diferença 2010, do jornal O Globo, na categoria Megazine, e que desde 2008 integra a Rede Latinoamericana de Arte e Transformação Social.

Sinopse

Lucas é um menino de nove anos e sempre foi considerado esquisito pelos vizinhos e colegas de classe. O seu grande sonho mesmo é ser um astro do rock. Na véspera do seu aniversário, o irmão mais velho o desafia a conseguir dois amigos em troca de seu álbum de figurinhas. Lucas topa o desafio e, com a ajuda de seu fiel gato Bandidão, vai tentar de todas as formas encontrar a verdadeira amizade. No percurso dessa aventura, o menino descobre que quanto mais diferentes são as pessoas, mais divertida é a vida – verdade que nem sempre os adultos revelam.

Teatro para todos

Inovador, “Um Amigo Diferente?” é o primeiro espetáculo brasileiro para infância e juventude a ser apresentado com todas as acessibilidades previstas em lei, garantindo total acesso e participação a um público diversificado de crianças e adolescentes com e sem deficiência. Por isso o espetáculo é gratuito e garante conteúdo em braile e digital e audiodescrição para crianças e adolescentes cegos; subtitulação eletrônica e intérprete de Libras (língua de sinais brasileira) para crianças e adolescentes surdos e atendimento preferencial para o público com deficiência ou mobilidade reduzida – recursos que, embora garantidos por lei, são ainda pouco oferecidos nos eventos culturais brasileiros.

A peça é uma realização do Ministério da Cultura e da Escola de Gente – Comunicação em Inclusão com patrocínio das empresas MRS Logística e White Martins, com o apoio da Lei Rouanet e Oi Futuro.

O Livro

A peça é inspirada no livro “Um Amigo Diferente?”, da jornalista Claudia Werneck, que será sorteado após cada espetáculo também em formatos digitais. Claudia é fundadora da Escola de Gente – Comunicação em Inclusão.

O livro está em sua 10º edição e foi editado pela WVA Editora em 1996, tornando-se uma obra recomendada por Unicef e Unesco como leitura indispensável para crianças e adolescentes. Em 2001 foi traduzido para o espanhol e o inglês, e tem sido adquirido pelo governo federal para compor bibliotecas escolares públicas em todo o Brasil. Claudia Werneck é autora de 12 obras para crianças e adultos sobre diversidade e inclusão.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Eventos.
Assuntos:  , , , , , .
MAQ às 12:28.
Post visitado 20933 vezes, 6 foram hoje.
« Posts mais novosPróximos Posts »

Últimos 20 posts publicados.

Saltar resumo e ir para "ESCOLHA POR ASSUNTO".

Projeto “Emoti Sounds” é plug-in que permite que deficientes visuais tenham uma experiência emotiva na leitura dos emoticons O Festival Internacional de Criatividade de Cannes divulga o seu primeiro shortlist. O projeto “Emoti Sounds”, da Artplan para Tim Live, é o único brasileiro entre os 39 selecionados pelo júri de Innovation Lions e concorre na […]

 

Descrição da imagem: Cena do documentário “Boa Noite, Solidão”: Geneton Moraes Neto entrevista o sertanejo Ginaldo José da Silva. O documentário será transmitido pela GloboNews neste sábado. O documentário “Boa noite, Solidão” será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05 e será o primeiro programa da emissora a contar com o recurso da […]

 

Tecnologia está sendo desenvolvida em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Elisabete Barbosa é uma das primeiras pessoas a fazer uso do Via Voz (Foto: Globo). Imagine um GPS dentro de uma biblioteca. Em vez de ruas, ele mostra os caminhos entre as prateleiras. Parece coisa do futuro, mas essa tecnologia já existe e serve […]

 

Há mais de 20 anos que a fundação beneficente “Livros Ilustrados para Crianças Cegas” publica e oferece livros com páginas musicais a crianças com deficiência visual. Entre as obras estão contos tradicionais russos e estrangeiros. Foto: Fundação de beneficência “Livros Ilustrados para Crianças Cegas Pequenas”. “Os nossos livros ajudam a criar situações em que uma […]

 

O tradutor Libras em Software Livre (VLibras) versão mobile já está disponível para ser baixado e vai ampliar o acesso das pessoas com deficiência auditiva aos meios digitais. O conjunto de aplicativos faz a tradução de conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais. Os softwares desenvolvidos pelo Ministério do […]

 

A área de negócios sociais Soluções em Acessibilidade, da Fundação Dorina Nowill para Cegos, lança com exclusividade o aplicativo AudiFoto. A novidade é mais uma tecnologia direcionada às empresas que desejam participar da inclusão de pessoas com deficiência em museus, exposições e locais em que as imagens são peças fundamentais para a experiência dos visitantes. […]

 

Em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil Desde 2003, o Assim Vivemos tem sua programação totalmente acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva. Audiodescrição e legendas em português (LSE) em todas as sessões, catálogo em Braille e Interpretação em LIBRAS nos debates. No CCBB, todos os ambientes têm acesso para pessoas com […]

 

“Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência” chega a sua 7ª edição em 2015 no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (de 5 a 17 de agosto), de São Paulo (23 de setembro a 5 de outubro) e de Brasília (de 2 a 14 de março de 2016), trazendo 33 […]

 

Neste sábado, 01 de agosto, estreia mais uma peça da Oficina dos Menestréis. O trabalho deles é maravilhoso e super alto astral. Recomendo. O elenco é inclusivo: Atores e atrizes com e sem deficiência. Com audiodescrição no dia 09 e Libras no dia 16. Sobre a peça: Aldeia dos Ventos é um musical de Oswaldo […]

 

Para grande parte da população a tecnologia facilita. Para pessoas com deficiência visual a tecnologia possibilita. O projeto F123 é um software inovador, de baixo custo e alta eficiência, que possibilita o acesso à educação e à informação, favorecendo oportunidades de trabalho e a utilização de tecnologias por pessoas com deficiência visual. O F123 permite […]

 

A Fundação Dorina Nowill para Cegos tem uma nova versão para o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa em formato digital acessível Daisy – Digital Accessible Information System. O Instituto Helena Florisbal foi o parceiro para a viabilização deste projeto, que conta com a produção e disponibilização de cinco mil dicionários em português com as novas […]

 

Dança no MIS e Unlimited apresentam: MARC BREW, bailarino e coreógrafo da Escócia, na performance REMEMBER WHEN e uma residência (processo criativo aberto ao público) junto à bailarina brasileira Gisele Calazans. As atividades fazem parte do programa mensal: Dança no MIS, com curadoria de Natalia Mallo, que convida coreógrafos a escolher uma área do Museu […]

 

A ANCINE colocou em Consulta Pública, até o dia 08 de julho, Notícia Regulatória e Relatório de Análise de Impacto – AIR que discutem a implementação de ações para regulamentar a promoção da acessibilidade em salas de cinema, com disponibilização de recursos de legendagem descritiva, LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais e audiodescrição que possibilitem […]

 

Está chegando ao fim o curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD). Em iniciativa inédita, foi possível viabilizar o primeiro curso sobre esta temática a nível de especialização no Brasil, com o principal […]

 

MARIA LUÍSA BARSANELLI. De SÃO PAULO. Em um cantinho ao lado do palco, Rafaella Sessenta, 32, alonga braços e pernas. Posiciona-se frente a uma câmera e aguarda a largada: o início de um show em tributo a Michael Jackson, realizado no domingo (31/5) em São Paulo. Rafaella é tradutora de libras (Língua Brasileira de Sinais) […]

 

O curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), abrirá uma segunda turma ainda este ano. Estão previstas 100 vagas a partir do segundo semestre. O curso tem o objetivo de capacitar profissionais para promover a […]

 

A AFB (American Foundation for the Blind, ou Fundação Americana para Cegos) anunciou nesta semana os nomes dos quatro homenageados que receberão o prestigioso prêmio Helen Keller na noite do dia 18 de junho, em Nova York (Estados Unidos). Estamos homenageando as realizações de indivíduos e empresas pelo sucesso na melhoria da qualidade de vida […]

 

Estão abertas as inscrições para o 7º Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência. Ficha de inscrição e regulamento, acesse: www.assimvivemos.com.br Em 2015, o Festival Assim Vivemos chega à sua 7ª edição. É com enorme alegria que iniciamos mais uma busca pelos melhores filmes produzidos no mundo sobre o tema da pessoa com […]

 

A diretora da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do TRT5 (Setic), Cláudia Jorge, participou da primeira reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade do sistema Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) em 2015, na última terça-feira (14/4). A comissão tem como objetivo principal propor medidas para facilitar o acesso de pessoas com […]

 

É hora de deixar de observar apenas a obrigação legal da contratação de pessoas com deficiência física e analisar os ganhos econômicos e sociais da inclusão Silvia Torikachvili. Observando os exemplos mencionados ao longo da reportagem, percebe-se que, quando as empresas decidirem contratar talentos em lugar de deficiências, elas entrarão para o melhor dos mundos. […]

 

 

 

Os posts mais visitados hoje.

  1. O que é Inclusão Escolar? (107 visitas)
  2. Deficiente visual tem isenção de ICMS na aquisição de veículo zero quilômetro. (34 visitas)
  3. Dúvidas sobre a aposentadoria especial para pessoa com deficiência (29 visitas)
  4. TST, CNJ e CSJT firmam compromisso para ampliar a acessibilidade ao PJe-JT (23 visitas)
  5. Marta Gil (22 visitas)
  6. Oficina “De Olho no Braille” e Workshop de Livro Acessível/audiodescrição. (20 visitas)
  7. Luta por direitos mudou vida de irmãs anãs (20 visitas)
  8. 04 de janeiro - Dia mundial do Braille (20 visitas)
  9. 2ª Marcha das Bengalas (20 visitas)
  10. Pós-graduação em audiodescrição na UFJF (20 visitas)
Bengala Legal.

eXTReMe Tracker