Conteúdo principal | Últimos 20 posts | Posts por assunto | Bengala Legal

Blog do Bengala Legal.

Rio de Janeiro, terça-feira, 29 de julho de 2014 - 02:35.

 

Conteúdo principal.

quarta-feira, 9 de julho de 2014.

Livros infantis com audiodescrição

Livros infantis do projeto Baú das ArtesSite Externo. recebem recurso acessível de audiodescrição. A Editora Evoluir lançou recentemente o projeto, que distribui materiais paradidáticos para escolas municipais de Ensino Fundamental (EMEF). Entre eles, estão 20 livros que foram adaptados com o recurso acessível de audiodescrição. Diferencial que beneficia, especialmente, crianças com deficiência visual, baixa visão e até mesmo deficiência intelectual.

A gravação foi feita por Iguale Comunicação de Acessibilidade, empresa responsável pela execução deste projeto acessível para a Editora Evoluir, o trabalho de desenvolvimento dos audiolivros com audiodescrição compreende a intercalação, em meio ao texto original e às falas das personagens, das descrições das imagens dessas personagens, suas ações e os locais onde se encontram. Feito que garante ao público-alvo uma compreensão mais assertiva acerca do conjunto de cada obra.

Todo o trabalho da Iguale compreendeu as seguintes etapas: adaptação de conteúdo; revisão cognitiva; composição das trilhas sonoras específicas para cada um dos livros; gravação, edição e mixagem dos áudios (total de 123 horas de trabalho) e revisão do conteúdo. Em cada audiolivro, além do narrador principal e do narrador audiodescritor, outros atores interpretam as personagens. E mais, todos os CDs receberam o título do livro em Braile, para a devida identificação.

Fonte: SentidosSite Externo..

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , , .
Gil Porta às 11:52.
Post visitado 2466 vezes, 6 foram hoje.

segunda-feira, 7 de julho de 2014.

Metodologia para Diagnóstico de Acessibilidade em Centros Urbanos

DIA 17 DE JULHO ÀS 19h – LANÇAMENTO DO LIVRO:

Metodologia para Diagnóstico de Acessibilidade em Centros Urbanos:
Análise da área Central da Cidade do Rio de Janeiro.

Autores: Cristiane Rose de S. Duarte, Regina Cohen, Alice de Barros H. Brasileiro e Osvaldo Luiz de Souza Silva
O livro será lançado também em versão falada para deficientes visuais.

Local: Blooks Livraria – Praia de Botafogo, 316 (Espaço Itaú de Cinema) – Tel.: (21) 2559-8776
ESTACIONAMENTO: Praia de Botafogo – Esquina com a Rua Visconde de Ouro Preto / Ao lado do Banco Itaú

Contamos com vocês lá! Solicitamos ampla divulgação!

Cartaz para divulgação do livro

Descrição da Imagem:

A imagem do convite está inserida em um retângulo com layout retrato. Está dividida em 2 partes: a superior possui fundo na cor vinho com o destaque estilizado da data 17 de julho na cor branca do lado direito superior. Logo abaixo, ainda em branco pode-se ler:

19hs – LANÇAMENTO DO LIVRO.

Na parte de baixo que é um retângulo maior, mostrando a capa do livro na cor mostarda e um skyline com pontos turísticos da Cidade do Rio de Janeiro e setas significando rotas acessíveis se dirigindo a eles com informações sobre o local do evento e a logo da Blooks Eventos, além do nome dos autores.

Na faixa branca no final do cartaz estão as logos do grupo dos autores do livro – o NÚCLEO PRÓ-ACESSO, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, do Instituto Benjamin Constant (parceiro responsável pelo livro falado para as pessoas com deficiência visual) e da Gráfica Triunfal.

Regina Cohen & Cristiane Rose de S. Duarte.
Núcleo Pró-Acesso UFRJ.
PROARQ/FAU/UFRJ.
www.proacesso.fau.ufrj.brSite Externo..
ACESSO: Projetos, Consultoria e Ensino em Acessibilidade Ltda.

Destinations For All World Summit, 19-22 October 2014, Montreal, Canada.
http://www.destinationsforall2014.com/en/indexSite Externo..

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Eventos.
Assuntos:  , .
Gil Porta às 12:53.
Post visitado 2668 vezes, 5 foram hoje.

sexta-feira, 20 de junho de 2014.

Narração no Mané emociona pessoas com deficiência visual

Pessoas com deficiência visual presentes na partida entre Suíça e Equador viveram momentos inesquecíveis, na inauguração do sistema de audiodescrição no estádio.

Estádio Mané Garrincha em Brasília.

A audiodescrição pode ser acessada por meio de frequências de rádio. Quem quiser ouvir, deve levar um aparelho portátil de rádio ou telefone celular com receptor FM, além de fones de ouvido. O serviço está disponível durante os jogos nas frequências:
- 103,3 FM em Belo Horizonte;
- 98,3 FM em Brasília;
- 88,9 FM no Rio de Janeiro e
- 88,7 FM em São Paulo.

Uma Copa do Mundo é feita de vários ingredientes. Dentro de campo, a emoção se faz com dribles, defesas, passes e, principalmente, gols. Fora do gramado, há um espetáculo de cores e sons composto por camisas das seleções, rostos e unhas pintados, cornetas, celulares registrando tudo e um clima de alegria que só quem vai a um estádio em um Mundial consegue entender.

Mas no jogo entre Suíça e Equador, no domingo (15/6), havia um ingrediente especial: um serviço que atende pessoas com deficiência visual, narrando os lances das partidas ao vivo. Apenas Brasília e outras três das 12 cidades-sede foram escolhidas para oferecer inovação durante os jogos do Mundial.

Foi um jogo diferente para três torcedores que não chamavam tanta atenção, pois estavam discretamente vestidos e não usavam acessórios extravagantes. Havia 68.351 que foram ver de perto a partida entre Suíça e Equador. Dentro de campo, o placar registrou 2 a 1 para a seleção europeia. Eles eram presenças mais do que especiais na arena brasiliense: foram os primeiros a experimentar a narração audiodescritiva, inaugurado no jogo de estreia da cidade no Mundial.

O projeto, que conta com 16 voluntários treinados para narrar os lances das partidas em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, utiliza uma aparelhagem semelhantes à dos rádios e fones para transmitir aos usuários. Os equipamentos foram adquiridos e doados pela FIFA às capitais, que terão o serviço como legado da Copa.

Emoção sem igual – Sentados atrás do gol do Equador no primeiro tempo, o brasiliense José Aurélio Oliveira, 48 anos, o mineiro Joaquim Fabiano Braga, 62, e o cearense Nilson Cordeiro dos Santos, 45, não escondiam a felicidade. E certamente sentiram uma energia muito positiva quando, aos 11 minutos de jogo, a primeira “ola” da Copa do Mundo em Brasília percorreu as arquibancadas, levando consigo um som contagiante por onde passou.

Com um fone de ouvido a lhe guiar a imaginação, José Aurélio, um santista que perdeu a visão há cinco anos devido a complicações geradas pela diabetes, voltava a um estádio pela primeira vez desde então. “Estou muito feliz por participar de um evento como esse, uma Copa do Mundo no Brasil”, disse o brasiliense, ao fazer uma descrição perfeita do ambiente a sua volta: “Pelo o que eu acompanhei, o estádio está lotado e muito colorido com torcedores da Suíça, do Equador e também com muitos brasileiros, que, tenho a impressão, devem ser mais numerosos do que os dos dois times”.

Com deficiência visual desde que nasceu, Joaquim Braga considera a narração uma oportunidade única para aqueles que, como ele, se sintam parte de um jogo de futebol. “Eu me sinto mais integrado com as pessoas que enxergam. O projeto é muito bem-vindo”, ressaltou. Nilson dos Santos, que perdeu parte da visão após sofrer uma alergia a um medicamento aos cinco anos, também aprovou a iniciativa: “Estou muito feliz por estar aqui”.

Prazer em ajudar – A emoção não tomou conta apenas de quem ouvia a transmissão. Os narradores, que precisam estar atentos não somente aos lances da partida, mas também a itens como linguagem corporal, entorno e o ambiente, compartilharam a alegria durante os 90 minutos de jogo. Os estudantes de jornalismo Pedro Paulo Borges e Ana Freire voltaram para casa com um sentimento de muita felicidade após a experiência no Mané.

“Estava um pouco nervoso no começo, com alguma ansiedade, mas no final tudo acabou dando certo. Ter narrado três gols de uma Copa do Mundo foi algo muito especial para mim. Somos os olhos deles no estádio e nosso desafio é passar tudo o que acontece na partida com mais detalhes possível”, afirmou Pedro Paulo. Selecionados em universidades, os voluntários foram escolhidos conforme requisitos como: perfil em áreas como esporte e deficiência visual, além de olhar apurado para aspectos visuais de uma partida de futebol.

Fonte: Brasília na CopaSite Externo..

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , , , .
Gil Porta às 21:22.
Post visitado 2387 vezes, 2 foram hoje.
Próximos Posts »

Últimos 20 posts publicados.

Saltar resumo e ir para "ESCOLHA POR ASSUNTO".

Marta Gil (*) Leitura é magia: num instante, sinais se transformam em letras, que formam palavras, que formam frases, que se tornam portais para terras exóticas, para o passado, o futuro ou mesmo o presente. Ela nos transporta ao tempo em que os bichos falavam, desvenda segredos da Natureza e abre as portas da Ciência, […]

 

Livros infantis do projeto Baú das Artes recebem recurso acessível de audiodescrição. A Editora Evoluir lançou recentemente o projeto, que distribui materiais paradidáticos para escolas municipais de Ensino Fundamental (EMEF). Entre eles, estão 20 livros que foram adaptados com o recurso acessível de audiodescrição. Diferencial que beneficia, especialmente, crianças com deficiência visual, baixa visão e […]

 

DIA 17 DE JULHO ÀS 19h – LANÇAMENTO DO LIVRO: Metodologia para Diagnóstico de Acessibilidade em Centros Urbanos: Análise da área Central da Cidade do Rio de Janeiro. Autores: Cristiane Rose de S. Duarte, Regina Cohen, Alice de Barros H. Brasileiro e Osvaldo Luiz de Souza Silva O livro será lançado também em versão falada […]

 

Feito com um iPhone 4S, o ‘gadget’ confere níveis de insulina a cada cinco minutos. O sistema consiste em um smartphone ligado a um monitor de glucose e bombas que fornecem insulina e glucagon. BOSTON, EUA. Um pâncreas artificial portátil, construído a partir de um iPhone modificado, regulou com sucesso os níveis de açúcar no […]

 

Pessoas com deficiência visual presentes na partida entre Suíça e Equador viveram momentos inesquecíveis, na inauguração do sistema de audiodescrição no estádio. A audiodescrição pode ser acessada por meio de frequências de rádio. Quem quiser ouvir, deve levar um aparelho portátil de rádio ou telefone celular com receptor FM, além de fones de ouvido. O […]

 

Chamada Pública vai financiar implementação de tecnologias de audiodescrição e legenda oculta. A RioFilme lançou nesta quarta-feira, dia 4 de junho, o programa Cinema Acessível RioFilme, voltado aos exibidores cinematográficos. O edital disponibiliza 200 mil reais para investimento em dez complexos de exibição para a instalação de ferramentas de audiodescrição e legendas ocultas que promovam […]

 

Da Redação. Senado, Ministério Público do Trabalho, Movimento Down e Associação Carpe Diem se uniram nesta terça-feira (3) para lançar uma cartilha que aborda os principais direitos trabalhistas utilizando linguagem simples, direcionada às pessoas com deficiência. O documento foi tema de audiência pública promovida pelas Comissões de Diretos Humanos e Legislação Participativa (CDH) e de […]

 

O Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas é composto de varias ações que atenderão, ao longo de um ano, a quatro objetivos: ampliar e qualificar a acessibilidade em dez bibliotecas públicas brasileiras – transformando-as em referencia em acessibilidade na área; construir e disseminar conteúdos, referenciais, estratégias e instrumentos para a qualificação dos serviços, acervos e espaços de bibliotecas públicas brasileiras […]

 

Um dos nomes mais respeitados no meio, essa paulistana, formada em Ciências Sociais na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, é especialista em comunicação e disseminação da informação na área da deficiência, especialmente em temas como trabalho e educação. A trajetória de Marta Gil junto a pessoas com deficiência começa em 1976, […]

 

Christh Lopes*. A função do jornalista está estritamente ligada ao papel de transmitir informação. Como filosofia de vida, Claudia Werneck levou essa premissa a sério e hoje trabalha para um público que conquistou ao longo da carreira. A especialização em tratar temas sensíveis à vida do cidadão foi fundamental para que passasse a ser referência […]

 

Já está valendo a isenção de pedágio da Linha Amarela para idosos e pessoas com deficiência. Requisitos para isenção de idosos e deficientes físicos na passagem do pedágio da Linha Amarela: Deverá ser realizado um cadastramento prévio na Central de Relacionamento com o Usuário da LAMSA (CERU), localizado na sede administrativa, de segunda a quinta, […]

 

De 21 a 27 de Setembro – em todo o Brasil Pelo Direito à Educação Inclusiva. Caras e caros companheiros e companheiras de todo o Brasil, Esperamos que estejam todos e todas muito bem! Estamos iniciando o processo de mobilização para a nossa já conhecida SAM (SEMANA DE AÇÃO MUNDIAL). Este é o nosso primeiro […]

 

Bom dia. Estamos seguindo para a fase final do processo de tradução autorizada do WCAG2. O documento bruto passou por uma revisão de linguagem e correção de typos. O pessoal que fez a versão de Portugal ajudou a tornar o conteúdo mais próximo para ambos os países, mas com suas diferenças de linguagem preservadas. Inclusive […]

 

O SESC-São Paulo dá início no dia 2 de abril ao tradicional Festival SESC Melhores Filmes, no CineSesc, com a cerimônia de abertura da 40ª edição do evento. Nessa noite, serão entregues os prêmios aos vencedores nas categorias de melhor filme, documentário, ator, atriz, direção, roteiro e fotografia para os filmes brasileiros e melhor filme, […]

 

Evento se repetirá em Salvador, Brasília e Curitiba. [Descrição da imagem] Programação para Salvador: A CAIXA Cultural Salvador abre, a partir da próxima segunda-feira (31), as inscrições para a oficina “De Olho no Braille”, que acontece de 8 a 12 de abril. A oficina apresenta histórico e aplicações do Braille, além de aspectos imagéticos e […]

 

15 crianças e adolescentes com Down gravaram um vídeo emocionante para combater o medo, o desconhecimento e o preconceito que tomam alguns casais, quando descobrem que terão um filho com a síndrome. A ideia foi baseada no e-mail de uma futura mãe, ao descobrir que seu bebê seria especial. “Que tipo de vida o meu […]

 

Foi lançado hoje (15/03/2014) o livro “Desculpe, não ouvi“, de Lak Lobato. Editora Atitude Terra (www.atitudeterra.com.br). Lak é surda oralizada; perdeu a audição literalmente da noite para o dia, quando tinha 10 anos. Aprendeu a fazer leitura labial, conservou a fala que já havia adquirido e foi viver a vida: aprendeu francês, fez intercâmbio na […]

 

A Digicon – especializada em automação para a mobilidade urbana – implantou semáforos sonoros para auxiliar deficientes visuais na cidade de Franca, no interior de São Paulo. Os equipamentos foram instalados nos cruzamentos do bairro Vila Aparecida – local aonde fica situada a sede da Sociedade Francana de Instrução e Trabalho para Cegos. Para esta […]

 

Brasília – Um aplicativo criado por quatro jovens de São Paulo está mudando a vida de pessoas com deficiência na voz. Disponível para tablets, smartphones e computadores, o Que Fala transforma frases selecionadas pelo usuário em mensagens de voz, permitindo ao usuário comunicar-se diretamente com seu interlocutor. O grupo de empreendedores foi um dos que […]

 

Marta Gil (*). O início do ano nos estimula a traçar planos de ação. Extraindo a essência dos balanços feitos em dezembro, na esteira do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, constato mais uma vez que há conquistas da maior importância, que ainda há muito a fazer e, principalmente, que estas conquistas estão sendo seriamente […]

 

 

 

Os posts mais visitados hoje.

  1. Ampliada a isenção do ICMS para pessoas com deficiência (12 visitas)
  2. O que é Inclusão Escolar? (11 visitas)
  3. Livros infantis com audiodescrição (6 visitas)
  4. O direito ao prazer da leitura (5 visitas)
  5. Metodologia para Diagnóstico de Acessibilidade em Centros Urbanos (5 visitas)
  6. Sistema Integrado de Vagas e Currículos para Pessoas com Deficiência. (4 visitas)
  7. Narração no Mané emociona pessoas com deficiência visual (2 visitas)
  8. 04 de janeiro - Dia mundial do Braille (2 visitas)
  9. Deficientes auditivos não são isentos do pagamento de IPI (2 visitas)
  10. Ministério da Cultura e Petrobras apresentam: Acessibilidade no Teatro Carlos Gomes. (2 visitas)
Bengala Legal.

eXTReMe Tracker