Conteúdo principal | Últimos 20 posts | Posts por assunto | Bengala Legal

Blog do Bengala Legal.

Rio de Janeiro, terça-feira, 09 de fevereiro de 2016 - 05:25.

 

Conteúdo principal.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009.

Transporte Escolar para Alunos com Deficiência em Recife.

Kombis / Alunos da rede municipal do Recife com dificuldades motoras terão o serviço gratuito a partir deste ano letivo.

Mirella Marques.
Diário do Recife.

Jhonatan da Silva tem 11 anos e mora no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. Ele se sente excluído
Priscila da Silva, mãe de Jhonatan, 11 anos, ficou empolgada com a possibilidade de o filho voltar a estudar com a garantia da condução para a escola. porque não vai à escola como os irmãos. Ou melhor, não consegue ir à escola. O garoto sofre de paralisia cerebral e não anda. Quando estudava, há dois anos, era carregado pela mãe nos braços. Com o tempo, as dificuldades de transporte foram afastando o menino da sala de aula. Jhonatan não é exceção. O índice de evasão nas turmas especiais é de 60%. O abandono é motivado pela falta de acessibilidade aos colégios. Talvez agora uma parcela desses alunos consiga concluir o ano. A Prefeitura do Recife lançou ontem o projeto Transporte Inclusivo, que vai beneficiar 300 estudantes com deficiência motora. A ida à escola será garantida por seis Kombis terceirizadas que farão viagens em três turnos. O ano letivo da rede recifense começa na próxima quinta-feira.

“É a primeira vez que a cidade oferece transporte aos alunos com deficiência. Os veículos vão atender as seis regiões político-administrativas da capital. Em cada viagem haverá um estagiário responsável pela acomodação dos estudantes. Será possível transportar até dez alunos por vez”, explicou a gerente de Educação Especial da Secretaria de Educação do Recife, Mércia Melo. Ela afirmou que só serão atendidos os alunos com dificuldade de locomoção, transtornos mentais e deficiência múltipla (cegos e surdos). Os responsáveis pelos alunos especiais matriculados devem entrar em contato com a direção das escolas para saber se o filho poderá ser beneficiado.

As Kombis estarão nas ruas durante os três turnos, levando e trazendo estudantes da creche ao ensino profissionalizante. No total, a rede municipal atende 2 mil crianças e jovens especiais. O investimento do Transporte Inclusivo ainda não foi divulgado. O modelo do projeto recifense já é sucesso em grandes capitais como São Paulo (SP). Lá, o índice de evasão entre as turmas especiais chegou a diminuir até 50% depois da implantação do transporte específico.

Mais sossegada com a notícia, a mãe de Jhonatan espera que o filho mais velho consiga concluir o ano letivo em 2009. “Agora a situação deve melhorar, né? É uma vitória para mim e para as outras mães de alunos especiais. Nossos filhos, assim como os outros, têm o direito a frequentar as aulas. A escola, para essas crianças especiais, é ainda mais importante. Na sala de aula, elas se sentem iguais”, opinou Priscila da Silva.

“Durante o ano letivo, uma criança com deficiência motora falta muito. Principalmente no período de chuvas. Dos 200 dias letivos determinados pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), esses alunos só frequentam a metade deles. “Quando converso com as mães, percebo que o principal problema é a falta de transporte”, disse Mércia Melo. Além da dificuldade de locomoção própria, as responsáveis enfrentam ainda a falta de dinheiro para a condução. “Atendemos famílias pobres. Alguns pais sequer têm a quantia para a passagem de ônibus. Com o transporte gratuito, resolvemosduas situações desfavoráveis”, justificou a gerente.

Facebook.Compartilhar no Facebook.

Twitter.Publicar no Twitter.

Arquivado em: Notícias.
Assuntos:  , , .
MAQ às 17:26.
Post visitado 13118 vezes, 2 foram hoje.

9 Comments | Deixe seu comentário.

  1. Comment by flavia ferreira da silva — 16 de setembro de 2009 às 15:29

    adoraria sabre que em um bairro com um numero independente de alunos com deficiência houvesse uma escola; capaz de oferecer um ensino com qualidade.
    Tenho uma filha com deficiência auditiva e tenho que tomar duas condução e isto não é nada fácil,ela possui uma carteira de passe livre mas quando a levo na escola tenho que ficar esperando que há aula termine caso volte pra casa vou gastar dinheiro com a passagem e é quando estou trabalhando que esta situação piora bastante.Acho ótimo que estas crianças com deficiência motora possam contar com esta grande ajuda mas gostaria muito que crianças como a minha filha também contasse com essa ajuda ou que pelo menos houvessem escolas próximas de nossa casa pra facilitar na ida a escola com mais freqüência pois ela já esta com nove anos e ainda não esta alfabetizada isso é péssimo…..

  2. Comment by MAQ — 19 de setembro de 2009 às 14:14

    Acredito, amiga, que sua filha deveria ter transporte não só para ir à escola regular, como para o ensino especializado que a ajudasse a conviver com o meio escolar e suas tarefas. A escolarização de pessoas com deficiência tem de passar pelo transporte, ajudas técnicas específicas e ensino regular. Isso já é lei.

    Atenciosamente, MAQ.

  3. Comment by valmeria paulo da silva — 29 de março de 2010 às 18:04

    sou deficiente fissica tenho 37 anos so tenho a 5 serie nao por falta de emterece , mas sim por falta de condiçoes finaceira e ficica q nao pude ir a escola.mas mesmo com 37 anos gostaria de terminar o meus estudos e corsar faculdade. e quando ouvir e virdar esta noticia no netv na globo fiquei feliz da vida e muito emocionada de ver em vcs uma oportunidade de terminar meus estudos. quando isso acontecer lembrese de mim .ja sou mae e aminha filha estar com 10 anos e ja estar no colegio a onde eu parei na 5 série. como posso fazer para mim escrever ? é por sorteio ? valmeria

  4. Comment by Edilene — 21 de junho de 2010 às 16:19

    Gostaria de saber mais sobre este transporte para crianças especiais e de baixa renda, tenho interesse de participar deste trabalho, já tenho veículo fazendo transporte escolar no Recife. Este assunto deve ser mais divulgado.
    Qual endereço / telefone e pessoa de contato ?
    No aguardo
    Edilene

  5. Comment by MAQ — 8 de julho de 2010 às 20:18

    Tudo que tinha na notícia eu coloquei no post. Se não tem telefones, como eu o poderia ter?

    Abraços explicativos do MAQ.

  6. Comment by dulcenea — 12 de setembro de 2011 às 9:04

    meu nome é dulcenea, como toda mae de criança especial se preocupa muito. minha filha tem sindrome de daw, levo ela na segunda feira e na sexta feira, duas vezes a escola. pela manhã escola especial em afogados, a tarde escola publica no 13 de maio centro do recife como faço pra ter direto garantido de levar a minha filha nesse tranporte. pois tenho 49 anos e estou me sentindo cansada.

  7. Comment by Solange Gomes da C. Silva — 28 de fevereiro de 2012 às 9:03

    Bom dia! Meu nome é Solange e tenho uma filha de 18 anos com deficiente física.Ela tem uma Mparesia, e infelizmente não estou conseguindo leva-la a escola por não ter condições de pagar um transporte.Ela já esta matriculada, mais para mim e para ela esta sendo um sacrifício enorme
    ter que leva-la e ir busca-la, pois moramos em Jaboatão dos Guararapes (centro) e a escola é em uma ladeira e a minha casa também.Gostaria muito de saver como faço para escreve-la neste projeto.

  8. Comment by MAQ — 29 de fevereiro de 2012 às 8:27

    Caros amigos(as). Apenas coloquei uma notícia em meu blog. Não tenho o que responder para vocês, sou do Rio e nem mesmo conheço como fazer as coisas por Recife. Sugiro que procurem a Secretaria de Educação de Recife e tirem suas dúvidas.

    Atenciosamente, MAQ.

  9. Comment by israel — 2 de maio de 2012 às 6:28

    E uma vergonha uma cidade como recife. Ainda no tempo atual como hoje ás mães ficarem sofrendo tendo que levar e até espera os filhos perdendo tempo de sua vida para poder da uma dignidade de estudo para eles (deficientes) aonde a secretaria de educação e a prefeitura de recife que não toma uma posição. O prefeito João da costa o que você me diz já se passaram mais de três anos será que a gora perto de eleição o senhor resolve o caso, duvido muito, pois só tem uma coisa que o povo pode fazer e escolhe bons prefeitos para assumir essa prefeitura, não são vocês que tem que levar os filhos pra escola, e fica sentando em um banco duro levando poeira, chuva, e ainda desaforos de empregados da escola. A onde a mãe só queria uma sala de aula para poder ficar por que tem mães que alem de leva a criança deficiente ainda tem que leva as a outras por que não tem com quem leva, e olha que eu nem vou fala do transporte por que edifício resolver o transporte do dia a dia imagine para deficientes só vou te lembra uma coisa deficiente, mães, pais tios e tias avos e avos irmãos etc. também votam só peço a essa pessoas que pense bem antes de volta por que quem vai sofre e você seu filho seu neto seu parente. Faça uma boa escolha por que a realidade esta ai mais vive escondida por de baixo dos panos de quem governa e nem quer saber e hora de mudar pra que votamos em governador, senador, deputado federal e estadual, prefeitos etc. se nada fazem para fazer a aliviar essa situação por que mudar duvido?

Feed RSS dos comentários deste post | TrackBack URL

Por favor, preencha todos os campos.


Últimos 20 posts publicados.

Saltar resumo e ir para "ESCOLHA POR ASSUNTO".

Descrição da imagem: Cena do documentário “Boa Noite, Solidão”: Geneton Moraes Neto entrevista o sertanejo Ginaldo José da Silva. O documentário será transmitido pela GloboNews neste sábado. O documentário “Boa noite, Solidão” será exibido pela GloboNews neste sábado, dia 16, às 21h05 e será o primeiro programa da emissora a contar com o recurso da […]

 

Tecnologia está sendo desenvolvida em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Elisabete Barbosa é uma das primeiras pessoas a fazer uso do Via Voz (Foto: Globo). Imagine um GPS dentro de uma biblioteca. Em vez de ruas, ele mostra os caminhos entre as prateleiras. Parece coisa do futuro, mas essa tecnologia já existe e serve […]

 

Há mais de 20 anos que a fundação beneficente “Livros Ilustrados para Crianças Cegas” publica e oferece livros com páginas musicais a crianças com deficiência visual. Entre as obras estão contos tradicionais russos e estrangeiros. Foto: Fundação de beneficência “Livros Ilustrados para Crianças Cegas Pequenas”. “Os nossos livros ajudam a criar situações em que uma […]

 

O tradutor Libras em Software Livre (VLibras) versão mobile já está disponível para ser baixado e vai ampliar o acesso das pessoas com deficiência auditiva aos meios digitais. O conjunto de aplicativos faz a tradução de conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para Libras, a Linguagem Brasileira de Sinais. Os softwares desenvolvidos pelo Ministério do […]

 

A área de negócios sociais Soluções em Acessibilidade, da Fundação Dorina Nowill para Cegos, lança com exclusividade o aplicativo AudiFoto. A novidade é mais uma tecnologia direcionada às empresas que desejam participar da inclusão de pessoas com deficiência em museus, exposições e locais em que as imagens são peças fundamentais para a experiência dos visitantes. […]

 

Em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil Desde 2003, o Assim Vivemos tem sua programação totalmente acessível para pessoas com deficiência visual e auditiva. Audiodescrição e legendas em português (LSE) em todas as sessões, catálogo em Braille e Interpretação em LIBRAS nos debates. No CCBB, todos os ambientes têm acesso para pessoas com […]

 

“Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência” chega a sua 7ª edição em 2015 no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (de 5 a 17 de agosto), de São Paulo (23 de setembro a 5 de outubro) e de Brasília (de 2 a 14 de março de 2016), trazendo 33 […]

 

Neste sábado, 01 de agosto, estreia mais uma peça da Oficina dos Menestréis. O trabalho deles é maravilhoso e super alto astral. Recomendo. O elenco é inclusivo: Atores e atrizes com e sem deficiência. Com audiodescrição no dia 09 e Libras no dia 16. Sobre a peça: Aldeia dos Ventos é um musical de Oswaldo […]

 

Para grande parte da população a tecnologia facilita. Para pessoas com deficiência visual a tecnologia possibilita. O projeto F123 é um software inovador, de baixo custo e alta eficiência, que possibilita o acesso à educação e à informação, favorecendo oportunidades de trabalho e a utilização de tecnologias por pessoas com deficiência visual. O F123 permite […]

 

A Fundação Dorina Nowill para Cegos tem uma nova versão para o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa em formato digital acessível Daisy – Digital Accessible Information System. O Instituto Helena Florisbal foi o parceiro para a viabilização deste projeto, que conta com a produção e disponibilização de cinco mil dicionários em português com as novas […]

 

Dança no MIS e Unlimited apresentam: MARC BREW, bailarino e coreógrafo da Escócia, na performance REMEMBER WHEN e uma residência (processo criativo aberto ao público) junto à bailarina brasileira Gisele Calazans. As atividades fazem parte do programa mensal: Dança no MIS, com curadoria de Natalia Mallo, que convida coreógrafos a escolher uma área do Museu […]

 

A ANCINE colocou em Consulta Pública, até o dia 08 de julho, Notícia Regulatória e Relatório de Análise de Impacto – AIR que discutem a implementação de ações para regulamentar a promoção da acessibilidade em salas de cinema, com disponibilização de recursos de legendagem descritiva, LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais e audiodescrição que possibilitem […]

 

Está chegando ao fim o curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SNPD). Em iniciativa inédita, foi possível viabilizar o primeiro curso sobre esta temática a nível de especialização no Brasil, com o principal […]

 

MARIA LUÍSA BARSANELLI. De SÃO PAULO. Em um cantinho ao lado do palco, Rafaella Sessenta, 32, alonga braços e pernas. Posiciona-se frente a uma câmera e aguarda a largada: o início de um show em tributo a Michael Jackson, realizado no domingo (31/5) em São Paulo. Rafaella é tradutora de libras (Língua Brasileira de Sinais) […]

 

O curso de Especialização em Audiodescrição promovido pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), abrirá uma segunda turma ainda este ano. Estão previstas 100 vagas a partir do segundo semestre. O curso tem o objetivo de capacitar profissionais para promover a […]

 

A AFB (American Foundation for the Blind, ou Fundação Americana para Cegos) anunciou nesta semana os nomes dos quatro homenageados que receberão o prestigioso prêmio Helen Keller na noite do dia 18 de junho, em Nova York (Estados Unidos). Estamos homenageando as realizações de indivíduos e empresas pelo sucesso na melhoria da qualidade de vida […]

 

Estão abertas as inscrições para o 7º Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes Sobre Deficiência. Ficha de inscrição e regulamento, acesse: www.assimvivemos.com.br Em 2015, o Festival Assim Vivemos chega à sua 7ª edição. É com enorme alegria que iniciamos mais uma busca pelos melhores filmes produzidos no mundo sobre o tema da pessoa com […]

 

A diretora da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do TRT5 (Setic), Cláudia Jorge, participou da primeira reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade do sistema Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) em 2015, na última terça-feira (14/4). A comissão tem como objetivo principal propor medidas para facilitar o acesso de pessoas com […]

 

É hora de deixar de observar apenas a obrigação legal da contratação de pessoas com deficiência física e analisar os ganhos econômicos e sociais da inclusão Silvia Torikachvili. Observando os exemplos mencionados ao longo da reportagem, percebe-se que, quando as empresas decidirem contratar talentos em lugar de deficiências, elas entrarão para o melhor dos mundos. […]

 

Durante a exposição, cada foto será acompanhada de um fone de ouvido com a audiodescrição da imagem para pessoas com deficiência visual. Assistir a uma peça de teatro, ir ao cinema ou a uma exposição cultural são programas simples, mas que não podem ser experimentados em sua totalidade por todos. Isso porque para uma pessoa […]

 

 

 

Os posts mais visitados hoje.

  1. ONG edita livros musicais para crianças com deficiência visual (15 visitas)
  2. GLOBONEWS LARGA NA FRENTE E ESTREIA AUDIODESCRIÇÃO (12 visitas)
  3. Aplicativo serve como guia auditivo para pessoas com deficiência visual (11 visitas)
  4. GT W3C Acessibilidade (11 visitas)
  5. Homenagens prestadas a Marco Antonio de Queiroz – MAQ – em 2013 (10 visitas)
  6. 2ª Marcha das Bengalas (9 visitas)
  7. TST, CNJ e CSJT firmam compromisso para ampliar a acessibilidade ao PJe-JT (8 visitas)
  8. O que é Inclusão Escolar? (8 visitas)
  9. Festival Assim Vivemos – 7º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência (7 visitas)
  10. A Educação Inclusiva avança no Brasil (7 visitas)
Bengala Legal.

eXTReMe Tracker